quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Reflexão de um Ateu Descrente

Tudo bem, deus, que eu não acredito em você, mas também não precisava me castigar por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário